TODA CRIANÇA GOSTA DE BRINCAR E DE LER.

SEJA BEM-VINDO AO SITE DE LEITURA DA TURMA DO GUARANÁ. AQUI VOCÊ ENCONTRA HISTÓRIAS EM QUADRINHOS, CONTOS, DESENHOS E MUITA DIVERSÃO!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

TURMA DO GUARANÁ E O DINHEIRO PERDIDO


TURMA DO GUARANÁ E O DINHEIRO PERDIDO

       A mãe de Guaraná pediu que ele fosse até a padaria comprar leite, pão e açúcar, então ela lhe deu o dinheiro, dizendo:
       - Não demore, pois já coloquei a água do café no fogo.
     Ele subiu rapidamente na bicicleta, mas lembrou que estava descalço, desceu e foi pegar o chinelo. Depois saiu correndo para a padaria. No caminho encontrou Pirrixa, que perguntou pra onde ia com tanta pressa.
       Ao chegar à padaria de Seu Manel do Bigode, ele fez o pedido, e na hora de pagar, cadê o dinheiro? “Deve ter caído do bolso, enquanto vinha para a padaria”. Pensou.
       No caminho encontrou seus amigos, que ajudaram a procurar a nota de dez Reais. Eles foram voltando toda a rua, fazendo exatamente o percurso que Guaraná fez. Guaraná achou melhor seguir a pé, e encostou a bicicleta em uma árvore. Para a surpresa de todos, no caminho foram encontrando várias notas de dez. Uma perto da árvore, outra perto do bueiro, e assim foram andando e achando muito dinheiro. Até que viram as notas jogadas em outra rua na esquina, então entraram nessa rua, e lá foram as crianças catando uma por uma. Todos achavam aquilo muito estranho, mas era divertido imaginar quantos sorvetes e brinquedos poderiam comprar com todo aquele dinheiro. Guaraná avistou lá no final da rua uma casa, que parecia abandonada, e o dinheiro caído no chão terminava lá, e era uma rua sem saída.
       - É melhor pararmos por aqui. Vamos voltar. – disse Bolacha assustada.
      - É mesmo, pessoal. Esta rua tá muito sinistra. – Paulinha falou enquanto catou mais uma nota.
       - Vamos dar no pé, pessoal! – Disse Pirrixa, já dando meia-volta.
       Quando as crianças decidiram voltar, surgiu entrando na rua um carro. Que susto! Mas nada de grave.  Era o carro da polícia, e logo saiu um policial que dizia:
       - Parabéns, crianças! Graças a vocês conseguimos encontrar o esconderijo de Jaimer Cenário, um famoso falsário. Estávamos procurando por ele, quando vimos vocês catando todas estas notas falsas no chão, e resolvemos seguir vocês.
       - Notas falsas?! – as crianças gritaram espantadas.
       - São falsas, e passem já pra cá todas estas notas de mentirinha, para serem destruídas.
       E as crianças entregaram o dinheiro falsificado para os policiais, que logo entraram no casebre e prenderam Jaimer Cenário, o falsário, que ao voltar para casa na noite anterior, não viu que o saco com o dinheiro falso estava furado.
        A turma pegou o caminho de volta para casa, e Guaraná lembrou que tinha deixado a bicicleta atrás da árvore. Pegou a bicicleta e já ia se sentar quando Bolacha falou:
       - Pera aí! Que é isso aí no selim da bicicleta?
       - Caraca, é o meu dinheiro perdido! - respondeu Guaraná.
       Bolacha passou a mão, e a nota veio agarrada num chiclete.
       - Por isso não achei o dinheiro no meu bolso. Agora lembrei que coloquei a nota no selim, enquanto fui pegar o meu chinelo.
       - E quando sentou, grudou o dinheiro no chiclete. – disse Pirrixa.
       - Era o chiclete de ontem que grudei aí no selim, para comer hoje, e esqueci.
       - Eca, que nojo! – as meninas gritaram.
       E todos riram de Guaraná, que teve de ir correndo à padaria, porque sua mãe já tinha posto a água do café no fogo. Lembra?
­
FIM



TODA TERÇA E SEXTA TÊM POSTAGEM NOVA.
Participe do blog, tornando-se membro e deixando seu comentário.
O nosso blog:  http://guaranaeturma.blogspot.com
O e-mail :  turmadoguarana@hotmail.com











ESTE DESENHO É PARA IMPRIMIR E COLORIR!

Querido leitor, até terça e tenha um ótimo fim de semana.

Turma do Guaraná é marca registrada. Todos os direitos reservados.

4 comentários:

Viviane Celia disse...

Adorei o blog. Espero que continue sempre assim, bonito e divertido!!!
bjsss

Paulo Gibi disse...

Oi Paulo Alves, gosto muito do teu trabalho e gostaria de divulgar suas histórias e desenhos no meu blog, com sua permissão, é claro. O que acha? Aguardo... Abraços. Paulo Gibi

Paulo Alves disse...

Caro Paulo, toda semana visito seu blog para conferir as novidades do mundo dos quadrinhos, e gostaria muito de ver minhas historinhas e desenhos lá. Será uma grande alegria para mim. Faça isso.
Obrigado pelo apoio.
Grande abraço.

Paulo Alves disse...

Querida Viviane, também adorei sua visita. Espero que entre sempre para conferir as aventuras da turminha. Deus ajude para que toda semana possa escrever e desenhar para vocês.
Beijo!!